Parcerias:

(38) 3690-6600
(38)9 8826-9082

Egresso de Enfermagem é aprovado em quatro residências

.

Em menos de seis meses, após concluir a graduação em Enfermagem (Fasi), Saulo Alves Andrade foi aprovado, de uma só vez, em quatro programas de residências hospitalares. As residências escolhidas por Saulo estão relacionadas a urgência e trauma - áreas essas que ele mais se identificou em trabalhar.  

A residência hospitalar é o principal meio de especializar recém-formados da área da saúde. Nos processos de seleções, os egressos do Centro Universitário Funorte e FASI são destaques - recentemente cinco egressos do curso de Enfermagem da Funorte e da Fasi conseguiram ingressar em programas de residência.

Saulo Andrade foi aprovado nas residências em "Saúde Cardiovascular" (Hospital das Clínicas da UFMG), "Intensivíssimo, Trauma e Urgência" (Hospital Tolentino Risoleta Neves/UFMG), "Urgência e emergência" (Hospital Regional Antônio Dias/Fhemig) e na de "Urgência e Emergência" pelo Hospital João XXIII/FHEMIG.

"Dentre todas as possibilidades, decidi fazer a residência de Urgência e Emergência, devido ao grande renome que o Hospital João XXIII tem em todo país. Logo após a formatura me dediquei a ingressar nessa instituição. Atuar como residente em um local desse porte é um divisor de águas na vida pessoal e profissional de um enfermeiro", afirma Saulo Andrade.  

O mérito do egresso veio através de muito estudo e dedicação durante o curso. De acordo com Saulo, antes de escolher a graduação em enfermagem, ele pensou bem e tinha a certeza que queria fazer algo na área da saúde.  

"Dentre as ofertas de graduação, a Enfermagem foi a que mais me atraiu, devido a atuação do profissional em diversos segmentos da área. Inicialmente não tinha certeza se era esse o curso que eu queria, mas, ao decorrer do caminho me apaixonei pela escolha e vi que aquilo era realmente o que eu queria pra mim", pondera o enfermeiro.  

O Hospital João XXIII fica em Belo Horizonte, sendo referência no âmbito nacional e até internacional no atendimento ao paciente politraumatizado, queimado, intoxicado e além de outras diversas situações em alta complexidade.

Para a coordenadora do curso de Enfermagem da Fasi, Cláudia Danyella Leão, o grande diferencial da instituição de ensino são as oportunidades oferecidas aos alunos. O curso de Enfermagem da Fasi e Funorte possui matriz curricular diferenciada, com atividades práticas desde o primeiro período, laboratório de simulação realística, hospital próprio, atividades de iniciação científica e pesquisa e extensão.  

"Também contamos com um corpo docente extremamente qualificado. Preparamos o aluno para atuar nos diversos níveis de complexidade do Sistema de Saúde. Outro ponto fundamental é que atendemos o aluno de forma humanizada, trabalhamos com transparência no relacionamento com os estudantes e entendendo suas demandas, buscando encontrar soluções personalizadas que atendam cada estudante”, enfatiza a coordenadora.


Publicada em: 30/09/2021
Tags: